Siga Marcello Reis no FOICEbook

terça-feira, 24 de julho de 2012

CLEPTOCRACIA, você sabe o que é isto? Revoltados ON LINE A ONDA !@!

VOCÊ ACREDITA MESMO QUE VIVE EM NUMA DEMOCRACIA, AUTOCRACIA OU CLEPTOCRACIA ????
Democracia eu tenho certeza que não vivemos, paira a dúvida saber se é AUTOCRACIA OU CLEPTOCRACIA !@!





Cleptocracia, é um termo de origem grega, que significa, literalmente, “Estado governado por ladrões”



A cleptocracia ocorre quando uma nação deixa de ser governada por um Estado de Direito imparcial e passa a ser governada pelo poder discricionário de pessoas que tomaram o poder político nos diversos níveis e que conseguem transfomar esse poder político em valor econômico, por diversos modos.



Heródoto, em suas obras identificava como Plutocracia, ou seja, um "Estado - Utópico", politicamente falando, segundo o professor e pesquisador Lauro Campos da Universidade de Brasília em seu trabalho História do Pensamento Econômico.


O Estado passa a funcionar como uma máquina de extração de renda ilegal da sociedade, isto é, população como um todo, em contraposição à máquina de extração de renda legal, o sistema de cobrança de impostos, taxas e tributos dos Estados que vivem em um regime não-cleptocrático.




Todos os Estados tendem a se tornar cleptocratas se não ocorrer um combate real pelos cidadãos, em sociedade. Em economia, a capacidade de os cidadãos combaterem a instauração do Estado cleptocrático é fortemente correlacionada ao capital social da sociedade.




A fase “cleptocrática” do Estado ocorre quando a maior parte de sistema público governamental é capturada por pessoas que praticam corrupção política.





Será que é somente coincidência ? Não, não é coincidência....Os bandidos tomaram o PODER !@!


Já se disse que a cleptocracia é um infortúnio que o cidadão comum, seja por burrice ou desleixo, acomodação ou desinteresse, conivência ou qualquer outro motivo, permite que aconteça no meio em que mora. E como esse mal sobrevive há tanto que não é possível precisar quando tenha começado, a conclusão é a de que se as coisas acontecem dessa forma é porque o eleitor aceita passivamente que elas assim sejam, o que, por redundância, leva à conclusão de que a lógica embutida na frase “cada povo tem o governo que merece”, é indiscutível porque definitiva na sua clareza simples e objetiva. 


Assinado
Marcello Reis
Fundador Revoltados ON LINE