Siga Marcello Reis no FOICEbook

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

MAM - A ARTE DA PEDOFILIA COM DINHEIRO PUBLICO - ABSURDO ! DIGA NÃO A PEDOFILIA


MAM - MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO - PEDOFILIA - DIGA NÃO A PEDOFILIA - PEDOFILIA NÃO - PEDOFILIA É CRIME - Revoltados ON LINE - Marcello Reis 



Temos no CÓDIGO PENAL  os crimes contra a dignidade sexual, possuindo capítulo específico acerca dos crimes sexuais contra vulneráveis:

Art. 217-A do CP – estupro de vulnerável;
Art. 218 do CP – mediação de menor de 14 anos para satisfazer a lascívia de outrem;
Art. 218-A do CP – satisfação da lascívia mediante a presença de menor de 14 anos;
218-B do CP – favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de criança, adolescente ou vulnerável.
O ECA também trata de crimes envolvendo a pedofilia:

Art. 240 do ECA – utilização de criança ou adolescente em cena pornográfica ou de sexo explícito;
Art. 241 do ECA – comércio de material pedófilo;
Art. 241-A do ECA – difusão de pedofilia;
Art. 241-B do ECA – posse de material pornográfico;
Art. 241-C do ECA – simulacro de pedofilia;
Art. 241-D do ECA – aliciamento de menores.
O art. 241-E do ECA trata-se de norma explicativa dos crimes previstos no art. 240, art. 241, art. 241-A a art. 241-D do ECA.
Art. 241-E. Para efeito dos crimes previstos nesta Lei, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais.


Perfil cara pelado oposição 

Perfil da mulher


EM NOTA O Museu Arte de Moderna de São Paulo informa que a performance ‘La Bête’, que está sendo atacada em páginas no Facebook, foi realizada na abertura da Mostra Panorama da Arte Brasileira, em evento para convidados. A sala estava sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez do artista. O trabalho não tem conteúdo erótico ou erotizante e trata-se de uma leitura interpretativa da obra Bicho, de Lygia Clark, que trata de objetos articuláveis. As acusações de inadequação são descabidas e guardam conexão com a cultura de ódio e intimidação à liberdade de expressão que rapidamente se espalham pelo país e nas redes sociais. O material apresentado nas plataformas digitais omite a informação de que a criança que aparece no vídeo participou brevemente da performance acompanhada de sua mãe e que a sala estava ocupada pelos espectadores. As insinuações de pedofilia são resultado de deturpação do contexto e significado da obra."

KKKK...CONTA OUTRA VAI ! BANDO DE SEM VERGONHAS ISSO SIM ! 

Nenhum comentário: